Sochi, uma das cidades mais modernas da Rússia

Graças às Olimpíadas, Sochi se tornou uma das plataformas esportivas do país. A particularidade de uma grande quantidade dos estádios de Sochi é a possibilidade, prevista nos projetos e construção, de eles serem transformados para realização de competições de diversas modalidades esportivas.

Foto: Sputnik/Mihail Mokrushin/Vista do complexo hoteleiro da estância de esqui de montanha Roza Khutor
Postado em 27/04/2018 11:26

Share Button

Sochi é uma região de mar com água tépida e altas montanhas nevadas. As particularidades climáticas e naturais únicas de Sochi transformaram-na em uma das principais cidades esportivas da Rússia.

A primeira referência escrita à cidade data de 1641 e pertence ao militar e viajante turco Evliya Celebi. Contudo, as primeiras pessoas chegaram a estes lugares há 350-400 mil anos. A cidade se tornou russa apenas no século XIX, depois da guerra russo-turca.

Hoje, Sochi é uma das cidades mais modernas da Rússia.
Em 2007, ela foi escolhida como local de realização dos Jogos Olímpicos de Inverno 2014. Por ocasião desse acontecimento memorável foram construídos e reconstruídos centenas de quilômetros de rodovias, gares, o aeroporto, espaços para shows musicais, museus e dezenas de hotéis.

Em Sochi pode-se descansar o ano todo: se quiser – pode fazer uma expedição a pé pelas montanhas, ou então – fazer rafting. Gosta de praticar snowboard? Pode deslizar por uma encosta nevada desde o alto da montanha, para onde será levado de helicóptero.

Aliás, as montanhas ficam apenas a uma hora de viagem a partir das praias. Graças a sua estrutura particular, a cadeia montanhosa do Cáucaso impede a passagem às massas de ar marítimo quente e úmido.

Sochi é a cidade mais extensa da Rússia (145 km) e a segunda no mundo depois da Cidade do México.

Antigos locais de culto, como dólmens de pedra e o bosque relicto de teixo e buxo, com uma área de 310 ha, a datcha (casa de campo) de Stalin, a estância de esqui de montanha ultramoderna Roza Khutor – tudo isso e mais você pode encontrar em Sochi.

Uma atenção especial merece o famoso Dendrário de Sochi. Nele estão representadas mais de 1.800 plantas exóticas de diversos cantos do mundo. Ele também é habitado por espécies raras de animais e aves. Se você decidir andar de teleférico, então irá desfrutar de vistas maravilhosas das montanhas e do mar que se abrem do ponto mais alto do Dendrário.

Graças às Olimpíadas, Sochi se tornou uma das plataformas esportivas do país. A particularidade de uma grande quantidade dos estádios de Sochi é a possibilidade, prevista nos projetos e construção, de eles serem transformados para realização de competições de diversas modalidades esportivas. Sochi acolhe um leque enorme de competições – desde hóquei no gelo e curling até hipismo e corridas de Fórmula 1.
isht, o principal e mais espaçoso estádio de Sochi e em que serão disputados jogos da Copa do Mundo de Futebol FIFA 2018, foi construído para os XXII Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi em 2014. Nele decorreram as cerimônias de abertura e encerramento das Olimpíadas.

O estádio foi batizado em honra de um pico montanhoso na parte ocidental da cordilheira principal do Cáucaso. Fisht significa “cabeça branca” e o teto do estádio faz lembrar uma geleira.

 Depois das Olimpíadas, essa arena foi reconstruída para a realização de partidas de futebol. Neste momento, a capacidade máxima do estádio é de 45 mil lugares, incluindo 5 mil lugares removíveis adicionais. No verão de 2017, o estádio recebeu três jogos da fase de grupos e uma semifinal da Copa das Confederações.

Em 2018, durante a Copa do Mundo de Futebol, no Fisht serão realizados quatro jogos da fase de grupos (15, 18, 23 e 26 de junho), assim como dois jogos das eliminatórias do torneio – oitavas (30 de junho) e quartas (7 de julho) de final.

Também em 2018, em Sochi irá decorrer, na famosa via pedestre marginal, o festival dos torcedores.

Comentários

comentarios

Fonte: Agência Sputnik